Ligue!
(35) 3831-2674

PIX começa hoje a funcionar no Brasil

Para quem nunca ouviu falar sobre o PIX, esta é a chance de saber o que é, para que serve e como ele funciona. Vamos explicar tudo direitinho para você!

O QUE É

 O PIX é um novo sistema tecnológico de pagamentos instantâneos, desenvolvido pelo Banco Central brasileiro. Ele está disponível, a partir de hoje (16/11) para clientes de mais de 730 bancos, corretoras e instituições financeiras que operam em todo o país.

Por ser mais rápido, gratuito (e essa é uma palavra muito importante) e acessado a qualquer hora, em todos os dias da semana, sem restrição, esse sistema pretende substituir o DOC (Documento de Ordem de Crédito) e TED (Transferência Eletrônica Disponível).

PARA QUE SERVE

O PIX serve para fazer e receber pagamentos (como boletos, contas de luz, impostos ou compras) ou transferências via QR Code, link ou inserção manual dos dados de pessoas físicas e jurídicas, como e-mail, número de celular, CPF ou CNPJ.

Esse sistema visa aumentar a digitalização das transações financeiras no Brasil e sua adesão ajudará a intensificar a competição no mercado financeiro, com taxas mais atrativas para seus usuários, além de reduzir o uso de dinheiro vivo em pagamentos, promovendo ainda mais segurança.

De acordo com o Banco Central, atualmente no Brasil, quase 70% das transações financeiras são realizadas em dinheiro. A expectativa é diminuir esse número para 10%, no prazo de 10 anos.

BENEFÍCIOS PARA O COMÉRCIO E PRESTADORES DE SERVIÇOS

Para comerciantes e prestadores de serviços, após um rápido período de adaptação, será muito comum receber por produtos e serviços por meio desse novo sistema. A previsão é que o PIX terá ampla aceitação no mercado, devido à facilidade, agilidade no processo e redução nos custos dos negócios, uma vez que as taxas cobradas de pessoas jurídicas pelo uso do PIX serão menores do que operações com cartões de débito e crédito normais. 

COMO FUNCIONA

Para acessar o sistema, você deverá criar a chave PIX, utilizando, para isso, os canais de atendimento do banco ou instituição financeira nas quais têm conta. Instituições com mais de 500 mil clientes, como Itaú, Bradesco, Santander, Caixa Econômica Federal, são obrigadas a oferecer a nova forma de pagamentos aos clientes.

Como criar a chave Pix

1. Acesse os canais de atendimento (aplicativo ou site) da sua Instituição financeira para cadastro e solicitação da chave PIX.

2. Utilizar uma das quatro formas de identificação disponíveis: CPF/CNPJ, e-mail, número de telefone celular ou ainda a chave aleatória (endereço virtual de pagamento, o EVP).

3. Em cadastros com o telefone celular como chave, o usuário recebe um código por SMS. Ele deve ser inserido no aplicativo da instituição financeira para que a identificação seja confirmada.

Como usar o PIX em transações financeiras

Simples. Basta informar a chave PIX no momento da transação, usando um link gerado pelo celular ou fazendo a leitura de QR Code. No comércio, por exemplo, o vendedor poderá gerar um QR Code, que o comprador vai 'ler' e pagar diretamente. As operações duram apenas 10 segundos.    

Fonte: www.federaminas.com.br

 






<< Voltar