Ligue!
(35) 3831-2674

O que as pesquisas de intenção dizem pra quem quer vender no Dia das Mães?

Pra saber o que vender, você precisa saber o que o cliente quer comprar.

Vender no Dia das Mães não é o trabalho mais difícil do mundo. Se você trabalha com o varejo, já sabe: a data é a mais esperada do primeiro semestre do ano.

Mas para ter certeza que você vai conseguir lucrar no Dia das Mães, é preciso fazer duas coisas: acompanhar as pesquisas de intenção de compras na data e se planejar de acordo com isso.

Para resolver essas duas questões, elaboramos este artigo para te ajudar a entender o que e quanto seus clientes estão dispostos a comprar. Usamos como base o último relatório da Social Miner, empresa de consultoria e marketing que é referência em pesquisas sobre intenção de compras para diversas datas importantes para o varejo.

Vamos começar?

As pessoas estão querendo comprar no Dia das Mães?

A resposta curta é “sim”. Quem está buscando vender no Dia das Mães pode ficar despreocupado: mais da metade das pessoas entrevistadas pretendem comprar na data.

A resposta longa é ainda melhor: além das pessoas que estão querendo comprar, as que estão indecisas correspondem a 23,3% dos entrevistados. Somando os 59,9% das decididas com as que ainda não sabem, chegamos a 83,2% de pessoas que provavelmente vão comprar.

Mas para ser otimista em relação a esse número, precisamos entender primeiro o que desanima as pessoas indecisas a ponto de ainda não saberem se vão presentear as mães nessa data tão importante do ano.

O estudo também explica isso, apontando que da parcela dos indecisos:

O que esses dados nos dizem?

Isso significa que a intenção de compra está bem interessante e otimista para o período. Mas também há a conclusão mais realista, com uma informação valiosa: se você quer vender no Dia das Mães e faturar alto, precisa levar em consideração o que as pessoas querem.

Com um bom atendimento, preço competitivo, promoções com ótima divulgação e uma ampla gama de formas de pagamento, você consegue resolver praticamente todos os anseios dos seus clientes e acertar em cheio nos indecisos.

Essa é a melhor forma de conseguir vender mais no Dia das Mães: se antecipando às necessidades das pessoas e oferecendo tudo o que elas querem.

Diz aí: só com esses dados já dá para perceber que pesquisas dizem muito sobre datas especiais para o varejo, não dá? Então vamos continuar!

Como e quanto as pessoas vão pagar?

Outro dado importante chegando: se você quer entender se vai vender no Dia das Mães e faturar bastante, também precisa começar a imaginar o quanto mais ou menos você vai ganhar, não é?

Imagina se você faz uma campanha grande, investe bastante e, mesmo vendendo muito, o ticket médio não foi o suficiente para gerar um bom lucro? Esse tipo de situação acontece com quem não pesquisa a intenção de compra, mas como você já está aqui com a gente, esse problema você não vai ter!

No Dia das Mães de 2019, o brasileiro vai ser um pouco mais modesto nos gastos, mas a maioria das pessoas entrevistadas ainda vai comprar aquele presente bacana para as mães. Veja os números:

Sobre como as pessoas vão pagar, a maioria (61,1%) prefere em dinheiro. O cartão de crédito vem logo em seguida, com 54,1%, e depois o débito, com 40,9%. 35,6% das pessoas vão parcelar as compras, enquanto o resto, 64,4%, vão pagar à vista.

O que essas estatísticas estão dizendo?

É bom ir com cuidado ao ler esse tipo de estatística! Quem quer vender no Dia das Mães precisa conhecer seu público-alvo para entender onde se encaixar nesse gráfico de gastos.

Vemos que tem mais gente que quer gastar de R$ 100,00 a R$ 500,00, do que quem só vai comprar por até R$ 50,00. Porém, isso não quer necessariamente dizer que você vai vender mais produtos dessa faixa de preço do que os mais baratos.

Lojas de departamentos, por exemplo, que trabalham com móveis, TVs e outros eletrodomésticos no espectro que vai de R$ 100,00 a R$ 1000,00, devem tentar atrair  à compra o consumidor que já está disposto a gastar um pouco mais. No entanto, em uma mercearia que tem alguns produtos para as mães, poucos clientes vão buscar artigos de mil reais.

Já que estamos falando nisso, vamos ver o que as pessoas estão pretendendo comprar?

Quais produtos vender no Dia das Mães?

Saber o que vender no Dia das Mães é fundamental para criar suas campanhas de marketing, fazer um bom trabalho no estoque e acertar em quais promoções oferecer.

A pesquisa mostra que a maioria das pessoas está interessada em vestuário, mas esse não é o único caminho para vender no Dia das Mães. Como você vai ver nos dados, a variedade de produtos escolhidos como o presente ideal é bem grande. Tem espaço para todo mundo vender e lucrar alto.

Veja o que as pessoas estão querendo comprar no Dia das Mães:

Então o que vender no Dia das Mães?

Onde você se encaixa nesses dados? Tudo depende disso. Dê uma olhada na sua loja e veja quais são suas possibilidades. Mercearias, por exemplo, provavelmente venderiam mais artigos de beleza, bebidas alcóolicas e talvez alguns eletrodomésticos, caso já vendam esses produtos.

Lojas de departamentos, em contrapartida, precisam focar mais em eletrodomésticos, eletrônicos em geral, telefonia e computadores. Móveis também são muito procurados nessa data!

Até lojas que não são tão procuradas nessa época do ano conseguem trabalhar para vender no Dia das Mães com promoções pontuais. Uma loja de informática, por exemplo, não tem todo o apelo que uma loja de departamentos, mas consegue ótimos preços em eletrônicos. O que a impede de fazer uma promoção para as mães?

As pessoas só compram pela internet no Dia das Mães?

É claro que não! O e-commerce é muito forte em datas como essa, principalmente pela comodidade de comprar o presente sem precisar sair de casa, mas muita gente ainda prefere a loja física.

Na verdade, os dados vêm nos mostrando que mais pessoas compram em lojas físicas do que online. Vamos ver?

O que dá para entender disso?

É fácil perceber a preferência das pessoas: a maioria (62,1%) vai comprar em lojas físicas. E parte das pessoas que estão decididas a comprar online ainda vai visitar as lojas físicas.

A promoção certa vai fazer toda a diferença, podendo levar esse cliente a comprar com você e desistir do online!

Essas foram nossas interpretações da pesquisa! O que você acha? Está animado para vender no Dia das Mães?

Mas uma coisa acontece sempre: a gente acaba se perdendo na correria e esquece das datas mais importantes do varejo. Vender no Dia das Mães ou em qualquer data é muito mais fácil quando você se prepara com antecedência.

Fonte: http://www.falamart.com.br/






<< Voltar