Ligue!
(35) 3831-2674

A maldita falta de tempo

“Eu ainda não fiz isso porque não tive tempo” é uma frase que provavelmente você já deve ter escutado algumas vezes (se você mesmo já não a repetiu)
.

“Não deu tempo”. “Estou sem tempo no momento”. Eu já parei de contar quantas vezes escutei essas duas frases nos últimos meses. Talvez seja a fala preferida entre os brasileiros nos dias atuais.

E isso não é a toa. Muitas vezes vivemos sobrecarregados de tarefas e atividades. É tanta coisa para resolver que se existisse na vendinha um produto para fornecer mais algumas horas no dia seria sucesso na certa. O mundo dos negócios viveria com hordas de “executivos-zumbis” entupidos de doses excessivas desse misterioso produto e se você não quisesse comprar, não se rendesse a ele, tudo bem, seu chefe certamente compraria para você. 

Brincadeiras a parte, administrar 24 horas do dia para produzir tudo que gostaríamos nunca foi tão complicado – inclusive com o nosso dinheiro. E aí, aprender um outro idioma fica para depois, pensar em fazer aquela viagem desejada passa para o próximo ano, começar um curso ou pós-graduação que tinha tanta vontade é adiado mais uma vez. Afinal, falta tempo, certo?! Falta mesmo?

A verdade é que nos acomodamos em colocar a culpa no tempo, na falta de dinheiro momentânea, mas não buscamos a solução. Esperamos aquele sinal divino, aquela luz no fim do túnel que faça as coisas acontecerem por si só. E aí, o problema está armado. É por isso que, nunca foi tão importante pensar - e pensar mesmo - em uma palavrinha mágica: planejamento. É através dele que podemos dar os próximos passos para resolver obstáculos e fazer tudo que gostaríamos. 

Da mesma forma que empresários e empreendedores têm suas metas de vendas e lucros para seus negócios, é necessário estabelecer objetivos pessoais claros e alcançáveis. Se não possuírmos uma vida pessoal organizada e estrategicamente pensada, dificilmente conseguiremos comandar nossa própria carreira de maneira funcional.

E o que muitas vezes se esquece é que nós mesmos somos os grandes responsáveis para as realizações de nossos sonhos e aspirações - e que, com dedicação, trabalho árduo e planejamento, é possível realizar boa parte deles. Para isso acontecer, claro, requer organização, foco, estabelecimento de metas específicas e mudança de postura.

A verdade é que ainda não dá para comprar tempo, mas podemos fazer com que ele seja bem melhor aproveitado.

Aproveito e deixo para você uma dica de leitura. Planejamento Estratégico Pessoal foi o tema da reportagem de capa da Revista Administradores edição 26, escrita por Eber Freitas e Lívia Maria. A edição mostra várias métodos, dicas e formas para que seu planejamento, meta e objetivo seja realmente alcançado.

Fonte: www.administradores.com.br

 

 

 






<< Voltar